Android

Agora é oficial! App da CNH Digital é liberada para Android e iOS

34,721 total views, 22 views today

O sonho de todo brasileiro, era ter uma carteira nacional de habilitação (CNH) digital, no seu próprio celular.
E até que enfim, este sonho se tornou realidade, mas limitado apenas em alguns estados.

O app CNH Digital foi oficializado e pode ser utilizado por quase qualquer motorista com uma CNH mais recente.

Até o momento, só o pessoal de Goiás e do Distrito Federal está incluso nessa fase inicial do programa do Denatran. Em breve, o serviço deve ser disponibilizado para o restante do país. A expectativa é que “até 1º de fevereiro de 2018, todos os Detrans dos 27 estados devam estar aptos a emitir a versão da CNH Digital”.
A CNH-e (ou CNH Digital) permite dispensar de vez o documento físico, ficando armazenada de forma segura no seu smartphone e tendo a mesma validade legal do bom e velho item de papel.

E como me preparo para fazer a troca?

 

Passo 1 – Você precisa ter a versão mais nova da CNH tradicional, com código QR. Caso você ainda não tenha, dá para solicitar uma 2ª via do documento junto ao Detran do seu estado, pagando uma pequena taxa (R$ 95) pela operação.

Passo 2 – Basta se cadastrar no portal de serviços do Denatran, confirmar seus dados junto a uma agência do Detran e, aí sim, usar um código de ativação para liberar o uso do aplicativo como carteira de motorista oficial.

O app já pode ser baixado tanto na Google Play Store quanto na Apple. Vale notar que, como o documento fica vinculado a apenas um dispositivo, é necessário bloquear o código do aparelho anterior e solicitar um novo para que os dados da sua CNH Digital possam ser migrados para outro smartphone.

Para os que moram fora do Distrito Federal e Goiás, cabe a nós esperarmos os demais estados serem liberados para a utilização do app.

 

Gostou desse artigo? Compartilhe com seus amigos e também nas Redes abaixo. Ah, não se esqueça de comentar 😉

Conheça meu canal clicando AQUI!

POSTS POPULARES

To Top
porno

Powered by 7CLOUD COMPUTING