dicasTutorialWindows 10Windows 7Windows 8Windows 8.1

7 melhores comandos no CMD para Windows

0

6,317 total views, 1 views today

Hoje listaremos aqui no site os melhores comandos para serem executados no CMD do Windows e assim você ganhará muito mais desempenho, e ainda vai conhecer uma porção de recursos escondidos e que podem “quebrar um galho” quando você precisar, tem de tudo um pouco, desde dica de rede, até dicas para quando seu computador travar você saber resolver usando simplesmente o prombt de comando, confira a lista completa agora!

CONFIRA A LISTA DE MELHORES COMANDOS NO WINDOWS

1 – Taskkill


Você já sabe: se algum programa deu problema, travou, etc, basta utilizar a combinação de teclas CTRL+ALT+DEL para chamar o Gerenciador de Tarefas e então finalizar o processo. Ocorre que algumas vezes pode ocorrer do Gerenciador de Tarefas simplesmente não abrir. Ele pode também simplesmente demorar muito para abrir.
Nestas situações, você pode então utilizar o comando taskkill no prompt de comando do Windows. Digite o seguinte:
taskkill /f /im nomedoprograma.exe

2 – Ping


Você certamente já deve ter ouvido a expressão “pingar o servidor tal”, ou “pingar tal IP”. O comando “Ping” verifica se determinada máquina se encontra na rede e também se ela está respondendo. Pacotes de dados serão enviados para tal destino, ou seja, para o “endereço pingado”, e uma resposta deverá ser obtida.
O relatório resultante também informará se houve perda de dados no caminho, o que pode denotar possíveis problemas, e qual o percentual de perda. O ping também informa o tempo, em milissegundos, relativo a cada “disparo” de dados. Vale lembrar que o comando funciona tanto na sua rede interna quando para endereços externos, na web. Com o ping também podemos descobrir o endereço IP de um website. Basta digitarmos o comando seguido do endereço:

3 – tracert


Outro comando semelhante ao “ping” é o “tracert”. O nome desse recurso vem de “traçar rota”, justamente porque ele serve para verificar se todos os servidores envolvidos na comunicação entre seu computador e uma determinada página estão operando conforme o esperado.
Ao executar esse comando, o Windows confere o tempo necessário, em milissegundos, para se conectar a cada um dos computadores intermediários no processo de acesso até a página solicitada. O último rastreado na rota é a página que você quer visitar.

4 – netstat -an


Ainda falando sobre problemas de rede, há mais um comando que pode ser útil para conferir se o seu computador não está se comportando de forma anormal. O “netstat” é um comando bem simples, mas que pode ser bem esclarecedor. Para usá-lo, digite o seguinte no Prompt de Comando:
netstat -an
O Windows vai conferir todas as portas que estão abertas e dar um retorno mostrando a quais IPs cada uma está conectada e o status da porta. Algumas ficam apenas aguardando dados, outras têm comunicação estabelecida (o que quer dizer que estão transmitindo informações) e há aquelas que estão inoperantes.

5 – ipconfig /flushdns


Às vezes, pode acontecer de você mudar o endereço DNS mas a mudança não ocorrer de imediato (o Windows tem um tempo para efetuar essa alteração). Para informar ao sistema que o endereço foi modificado, basta usar o “/flushdns”.

6 – Systeminfo


O systeminfo (basta digitar no prompt de comando e teclar <ENTER> em seguida) exibe informações sobre o computador e o sistema operacional. Nome da máquina na rede, versão do sistema operacional, data da instalação, quantidade e marca dos processadores, memória física total, adaptadores de rede, etc.

7 – sfc /scannow

Este utilitário efetua uma varredura nos arquivos do sistema procurando erros e itens corrompidos. Quando algum problema é encontrado (ou um arquivo está ausente), o Windows tenta efetuar um reparo rápido.

Mateus
Amante de tecnologia, fascinado pelo sistema Android e pelo Windows, adora descobrir e compartilhar novas dicas e truques de tecnologia para a internet!

Conheça os melhores apps para editar fotos no ANDROID

Previous article

Como saber quanto já usou da franquia de internet móvel

Next article

You may also like

Comments

Comments are closed.

More in dicas