0

 2,831 total views,  60 views today

A quantidade de golpes e fraudes relacionadas ao Auxílio Emergencial cresceu recentemente. A tática utilizada pelos golpistas é utilizar o número do CPF de terceiros para solicitar o benefício junto ao Governo Federal.

Para que os cidadãos pudessem consultar se suas informações pessoais foram utilizadas de forma fraudulenta, a Dataprev disponibilizou um site para conferir se houve ou não solicitação em seu nome. Confira!


PASSO A PASSO

É preciso que você esteja com o seu CPF em mãos para poder consultar às informações do benefício.

1°PASSO:

Abra o portal do Dataprev e insira suas informações pessoais (CPF, nome completo, nome da mãe e data de nascimento).

Foto: Reprodução/Dataprev

É preciso confirmar que você não é um robô, para isso toque sobre o reCAPTCHA. Tendo feito isso pressione ‘ENVIAR‘.

2°PASSO:

Caso haja uma solicitação em seu CPF aparecerá a seguinte imagem:

Nesse caso você deverá acessar o site Fala.br e registrar sua denúncia junto a Procuradoria Geral da União. Se não houver registros de solicitações do Auxílio Emergencial em seu nome será mostrado a seguinte imagem:

Foto: Reprodução/Dataprev.

É POSSÍVEL DEVOLVER O AUXÍLIO?

Alguns beneficiários do Bolsa Família receberam indevidamente o Auxílio Emergencial, devido a isso o Ministério da Cidadania disponibilizou uma página da web exclusiva para devoluções do Coronavoucher.

1°PASSO:

Para devolver o valor de R$ 600 ao Tesouro Nacional é preciso acessar a página de devolução do auxílio e informar o CPF do cidadão que recebeu erroneamente o valor.

Será emitido um boleto bancário, pague-o no Banco do Brasil – ou demais bancos – e anexe o comprovante no site. Pronto, benefício devolvido!


Para conferir outras notícias siga nossa página no Facebook!

Lucas Ribeiro
Redator, gamer, apaixonado por tecnologia e técnico em gambiarra (não necessariamente nessa ordem).

    NOVIDADE! WHATSAPP PAY ACABA DE CHEGAR AO BRASIL; CONFIRA

    Previous article

    DICA! ANTECIPE A TERCEIRA PARCELA DO AUXÍLIO COM O PAGBANK

    Next article

    You may also like

    Comments

    Comments are closed.

    More in dicas