Maquininha de cartão

COMPARAÇÃO: MINIZINHA vs MINIZINHA CHIP

Devido a grande quantidade de máquinas de cartão de crédito presentes no mercado, a escolha de uma que vá suprir todas às necessidades é praticamente uma missão impossível, isso levando em consideração às taxas, o design e diversos outros aspectos importantes e essenciais que compõem esses aparelhos. Neste artigo compararemos duas das principais maquininhas custo-benefício que encontramos no mercado: minizinha e minizinha CHIP, ambas da PagSeguro.

ASSISTA O VÍDEO COMPLETO DO COMPARATIVO:


DESIGN

Ambas possuem o mesmo design, porém a versão CHIP possui algumas diferenças em seu teclado, mas mantendo as mesmas dimensões que sua adversária.  Seus visores são monocromático e elas possuem às seguintes dimensões: 10 x 5,53 x 1,50.

TARIFAS E BANDEIRAS

Tanto a Minizinha quanto a Minizinha CHIP possuem as mesmas taxas, seja para pagamentos recebidos via cartão de crédito, débito ou até mesmo vouncher.

Prazo de recebimento: 30 DIAS

 

Prazo de recebimento: 1 DIA ÚTIL

 

Vale ressaltar que ambas possuem TAXA ZERO DURANTE TRÊS MESES.

 

SEMELHANÇAS

MINIZINHA E MINIZINHA CHIP:

  • Cartão pre-pago GRÁTIS;
  • Sem aluguel e nem taxa de adesão;
  • App de conta digital GRÁTIS;
  • App PagSeguro vendas;
  • Sem tarifa bancária;
  • Taxa zero durante 3 meses ou até completar R$1.500 em vendas;
  • 5 ANOS DE GARANTIA.

DIFERENÇAS

Cada uma das duas oferece alguns recursos e funções que são característicos de cada modelo. Confira-os abaixo:

MINIZINHA:

  • Transmissão de dados via smartphone;
  • Requer pareamento via bluetooth;
  • Não funciona via dados móveis direto na maquininha;
  • Requer uso do aplicativo para realizar às transações;
  • Bateria com até 4 horas de duração;
  • Comprovante via e-mail e SMS;
  • PREÇO: 68,50

 

MINIZINHA CHIP: 

  • Plano de dados incluso;
  • Conexão via Wi-Fi ou plano de dados;
  • Funciona independente da conexão com o smartphone;
  • Bateria dura cerca de 10 horas;
  • Não é necessário o uso do aplicativo, transações feita direto na maquininha;
  • Comprovante apenas via SMS;
  • PREÇO: R$338,80

 

PONTOS NEGATIVOS

Ambas possuem pontos negativos que poderão levá-lo a optar por outra maquininha, são eles:

  • Não imprimem comprovante impresso;

 

PONTOS POSITIVOS

  • Taxa zero durante três meses;
  • Garantia;
  • Compatibilidade com Android e iOS;
  • Envio gratuito do comprovante por SMS.

 

 

CONCLUSÃO

Como evidenciou-se por meio deste artigo, a Minizinha comum é a mais indicada para empreendedores que ainda estão iniciando no ramo das vendas e, para os comerciantes que na maioria das vezes recebem seus pagamentos por meio de dinheiro em espécie e não por cartão de crédito. Para autônomos que realizam suas vendas nas ruas esta máquina não é indicada, isso deve-se ao fato de que por não possuir CHIP o dispositivo dependerá exclusivamente do smartphone, que necessitará de conexão com à internet para que as vendas possam ser concluídas.

Agora, se o volume de vendas é maior que o anterior e busca-se uma maior praticidade durantes as vendas está é a maquininha correta (dentre as duas comparadas neste artigo). Apesar de seu valor significativamente acima da anterior, esta pode ser uma boa opção para pequenos lojistas que buscam uma máquina de cartão que possua CHIP e ofereça uma maior praticidade para seus clientes. No entanto, caso a quantidade de vendas seja absurdamente maior, não recomendados nenhuma das duas, neste caso há várias outras opções de maquininhas oferecidas pela própria PagSeguro, cada uma para  um perfil de vendedor. Para consultar outras maquininhas CLIQUE AQUI.


Lucas Ribeiro / Instagram: lucas_oburgues

Fonte: PagSeguro UOL

 

POSTS POPULARES

To Top
porno

Powered by 7CLOUD COMPUTING